sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Vamos Viver

"Não ligue pra essas caras tristes, fingindo que agente não existe.
Sentadas, são tão engraçadas, donas das suas salas."
(Cazuza - Bete Balanço)


Não quero escrever mais um texto triste. Muito menos melódico, bêbado, escuro ou insólito. Prefiro hoje lembrar, que a felicidade é uma questão de escolha. Uma questão de opinião. Já passei por ápices e vales de emoção, sonhei e sonho. Ás vezes me pego com raiva de algumas atitudes minhas, mas me controlo e me permito. Afinal a juventude também é uma questão muito mais de bem estar do que uma somatória hipócrita de anos. Minha felicidade está condicionada no pequeno e também no delirante tamanho do infinito. Só quero reforçar o que sempre falo aqui: Vamos Viver! É muito triste ver pessoas em filas de radioterapia, mutiladas, lutando como leões por fios de vida. Sinto-me na obrigação de espalhar que devermos ser mais felizes, completos, transbordantes. Sei que isso não nos torna isentos de dor e problemas, mas mesmo assim sofrer é algo extremamente opcional.

VAMOS VIVER!   

Forte Abraço,
Diogo G. Brandão.

"..O som das crianças brincando nas ruas, como se fosse um quintal. A cerveja gelada na esquina, como se espantasse o mal. O chá pra curar esta azia um bom chá pra curar esta azia. Todas as ciências de baixa tecnologia, todas as cores escondidas nas nuvens da rotina."
(O que sobrou do céu - O Rappa)

3 comentários:

  1. linda mensagem DIOGO, gostei muito desse novo poste!
    deveria existir no mundo mais pessoas com o seus pensamentos,com suas atitudes. beijão

    ResponderExcluir
  2. Que bom! Fico muito feliz! Vamos repassar a ideia.=)

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse texto, muito mesmo!hihihihi

    ResponderExcluir